Receita Operacional Líquida

Conforme estabelecido contratualmente, as tarifas de transporte vigentes estão definidas na moeda dólar. Tal fator decorreu da necessidade de vinculação da receita operacional às captações de recursos para investimentos ocorridas, naquela época, na moeda dólar. E, ainda, por se tratar de Contratos de Transporte, estabelecidos na modalidade Ship-or-Pay (contratos de transporte de gás natural em que se estabelece um compromisso de pagamento pelo Carregador pela capacidade de transporte contratada, independentemente do volume de gás efetivamente transportado), a TBG tem refletida na receita operacional as condições essenciais para a implantação bem sucedida de um Project Finance (financiamento de longo prazo de infraestrutura, que tem como base o fluxo de caixa gerado pelo próprio projeto) no setor de infraestrutura brasileiro.16 milhões da receita nacional gerada

Ainda em 2014, atendendo à solicitação do cliente, foi gerada receita adicional de R$ 16 milhões pelo excedente de volume transportado de 125 milhões m³.

Despesas Operacionais e Administrativas

Ao analisarmos a evolução dos custos da TBG, identifica-se um aumento em relação ao ano anterior, principalmente pelo provisionamento de despesas atuariais com a implantação do plano de Assistência Multidisciplinar de Saúde (AMS). E, ainda, o aumento nos custos gerenciáveis foi inferior a inflação registrada no período, fator que decorre principalmente dos resultados gerados pela implantação das iniciativas de redução de custos ao longo do ano.

EBITDA

2014 lucro líquido superior a 2013

O EBITDA totalizou R$ 810 milhões em 2014, sendo 8 % superior ao ano anterior. A variação resulta, sobretudo, do incremento na receita operacional líquida.

Lucro Líquido

Em 2014, a TBG obteve lucro líquido de R$ 264 milhões, montante 16% superior aos R$ 228 milhões registrados em 2013. O desempenho do lucro líquido ocorreu, principalmente, em função da apreciação da moeda dólar.

Endividamento

Em 31 de dezembro de 2014, o saldo do principal da dívida em dólar com as Agências Multilaterais (MLA´s), que contempla o Banco Europeu de Investimento (BEI) e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), era de US$ 76,5 milhões, enquanto que o saldo do principal da dívida subordinada (com acionistas), nesta data, era de US$ 192,4 milhões. Cabe ressaltar que a TBG possui contratos pré-pagos em que a redução do saldo devedor se dá pela prestação do serviço de transporte.

Investimentos

Os investimentos totalizaram o montante de R$ 49 milhões, em 2014, sendo 19% relacionados a novos empreendimentos e 69% a projetos para manutenção da infraestrutura operacional. Tais investimentos confirmam o compromisso da TBG em manter a excelência operacional atendendo aos seus compromissos contratuais existentes.