Tecnologia, Operação e Manutenção

Tecnologia, Operação e Manutenção

Tecnologia_Opera__o_Manuten__o redimensionada 2.jpg
 
Para operar com eficiência o Gasoduto Bolívia-Brasil, a TBG conta com equipes de campo e uma Central de Supervisão e Controle, em prontidão 24 horas por dia, para a supervisão e a manutenção de todo o trajeto do Gasoduto. Essas equipes também inspecionam periodicamente a faixa de servidão, instalações e equipamentos.
 
Além do trabalho em campo, para operar continuamente os 2.593 quilômetros do Gasoduto em território nacional, a TBG utiliza uma técnica de gerenciamento de riscos conhecida como Manutenção Centrada em Confiabilidade (MCC), introduzida pela indústria aeronáutica. 
 
Pioneira na operação remota de Estações de Compressão em gasodutos, a empresa controla por satélite, ininterruptamente, a integridade dos dutos que atravessam terrenos alagados como o Pantanal Sul Matogrossense, lagos e rios de longo curso, áreas urbanas e de preservação ambiental. 
 
O Programa de Gestão da Integridade, baseado na Norma Internacional B31.8S, da American Society of Mechanical Enginee(ASME), trata do gerenciamento da integridade em dutos de transporte de gás nos Estados Unidos. No Brasil, não há obrigatoriedade de seguir tal norma; no entanto, a TBG, sempre em busca da utilização das melhores práticas de mercado, adota em sua operação diária os critérios desta norma norte-americana, visando a segurança da população, do meio ambiente e da operação.